Imprimir esta página

A prisão política do ex-presidente Lula foi denunciada em quase 50 cidades ao redor do mundo. Ao todo, foi realizado algum tipo de manifestação em 30 países localizados nos quatro cantos do planeta. Brasileiros e estrangeiros se mobilizaram no dia 7 de abril, data em que completou um ano do encarceramento do ex-presidente, para demonstrar que a perseguição promovida contra Lula não passará silenciosamente. A Jornada Internacional Lula Livrecomeçou no dia 4 de abril e foi até o dia 10.

Em todos os atos lembrou-se que Luiz Inácio Lula da Silva é inocente e que foi preso sem provas. A investigação e a sentença de Lula têm um mesmo responsável, Sérgio Moro. O ex-juiz trabalhou com o Ministério Público de Curitiba durante mais de cinco anos promovendo vazamentos ilegais de informações que tinham o objetivo de manchar a imagem de Lula. O ‘grampo’ das conversas de Lula com a ex-presidenta Dilma Rousseff e com seus advogados são um grande exemplo. Após anos perseguindo Lula, Sérgio Moro ordenou que ele fosse preso quando liderava as pesquisas eleitorais para a presidência da República. Moro beneficiou Jair Bolsonaro que se elegeu somente porque Lula foi impedido de concorrer. Hoje, Sérgio Moro é ministro da Justiça de Jair Bolsonaro que lidera um governo entreguista e neoliberal.

Todas as contradições do processo jurídico, as violações da Constituição brasileira e a conduta de Sérgio Moro foram denunciadas pelos atos realizados na Jornada Internacional Lula Livre. A campanha pela liberdade de Luiz Inácio Lula da Silva continua. Abaixo, seguem links com imagens de todos os atos realizados no exterior:

10 de abril
Argentina
Buenos Aires: https://bit.ly/2P4qPCd

Colômbia
Bogotá: https://bit.ly/2GkR9FL

Guatemala
Cidade de Guatemala: https://bit.ly/2Isnyvs

Reino Unido
Londres: https://bit.ly/2Icuk97

9 de abril
Alemanha
Berlim: https://bit.ly/2DaLUWX

Venezuela
Caracas: https://bit.ly/2X9vRR1

7 de abril
Alemanha
Berlim: https://bit.ly/2G98JfP
Bonn: https://bit.ly/2IiPstE
Colônia: https://bit.ly/2U88lSc
Frankfurt: https://bit.ly/2uRNaK8
Munique: https://bit.ly/2FXPUL1
Münster: https://bit.ly/2FTScec
Tübigen: https://bit.ly/2G5PMuk
Ulm: https://bit.ly/2OY9ET6

Argentina
Buenos Aires: https://bit.ly/2TYErQx

Austrália
Melbourne: https://bit.ly/2D2cIsC
Sydney: https://bit.ly/2FUzX8j

Áustria
Viena: https://bit.ly/2OShj54

Bélgica
Bruxelas: https://bit.ly/2U7hlXU

Chile
Santiago: https://bit.ly/2G9EJjI

Cuba
Havana: https://bit.ly/2YUUjan

Dinamarca
Copenhague: https://bit.ly/2uRSRHS

El Salvador
San Salvador: https://bit.ly/2IkgJMo

Espanha
Barcelona: https://bit.ly/2UFskMs
Madri: https://bit.ly/2Unzvtu

Estados Unidos
Boston: https://bit.ly/2IfzgJC
Nova York: https://bit.ly/2D09VA4

França
Fort Joux: https://bit.ly/2WT3QN4
Paris: https://bit.ly/2YOeYg6

Holanda
Amsterdam: https://bit.ly/2YYnKIK

Itália
Bologna: https://bit.ly/2I7XTZo

México
Cidade do México: https://bit.ly/2YVCMPq

Paquistão
Rawalpindi Branch: https://bit.ly/2VqQlE1

Paraguai
Assunção: https://bit.ly/2uSfEn1

Peru
Lima: https://bit.ly/2UGe5XW

Portugal
Coimbra: https://bit.ly/2Ioalnr
Lisboa: https://bit.ly/2Ki30Io

Reino Unido
Londres: https://bit.ly/2D2J5qK
Manchester: https://bit.ly/2D3onqZ

República Dominicana
Santo Domingo: https://bit.ly/2U1CoLp

Rússia
Moscou: https://bit.ly/2G2FCtk

Sri Lanka
Colombo: https://bit.ly/2YYUAc9

Suíça
Genebra: https://bit.ly/2CWtmd1

Tunísia
Tunis: https://bit.ly/2KgoFAS

6 de abril
África do Sul
Johanesburgo: https://bit.ly/2WL8PzA

Alemanha
Berlim: https://bit.ly/2KhgqV5

Estados Unidos
Nova York: https://bit.ly/2I4cbKB

Suécia
Estocolmo: https://bit.ly/2I1aspv

5 de abril
Espanha
Madri: https://bit.ly/2YVKity

4 de abril
Itália
Roma: https://bit.ly/2D2WRtB

Por Comitê Internacional Lula Livre

Ler 701 vezes