Estratégia Eleitoral 2012: encontro reúne mais de 400 lideranças em Embu das Artes

Cerca de 500 pessoas acompanharam a mesa de abertura do evento, que abordou a necessidade de expansão e fortalecimento do modo petista de governar no Estado de São Paulo.

Por Aline Nascimento - Portal Linha Direta
Sexta-feira, 4 de maio de 2012



Debater a construção do Partido dos Trabalhadores no processo eleitoral 2012. Essse foi o ponto de partida do Encontro de Estratégia Eleitoral 2012, que reuniu prefeitos (as), vices, vereadores (as), pré-candidatos (as) e lideranças nesta sexta-feira (04), em Embu das Artes.

Cerca de 400 pessoas acompanharam a mesa de abertura do evento, que abordou a necessidade de expansão e fortalecimento do modo petista de governar no Estado de São Paulo. Conduzida pelo secretário de Assusntos Institucionais do PT-SP, Iduigues Martins, a primeira etapa da atividade abrodou a necessidade de ampliação e fortalecimento de uma das principais marcas do Partido: o modo petista de governar.

O deputado estadual e presidente do Diretório do PT-SP, Edinho Silva, chamou a atenção para a força do PT hoje – reflexo dos governos Lula e Dilma. “No governo da Dilma temos grandes iniciativas em todas as áreas. Vemos a coragem da presidenta para enfrentar os desafios nacionais e internacionais, de gerar emprego, distribuir renda e nós, da Executiva, optamos por fazer desse um espaço de construção coletiva. Queremos debater o que representa para a gente essa eleição”.

Edinho aproveitou a oportunidade para anunciar em primeira mão que o pré-candidato pelo PMDB, em Rio Preto, abriu mão da pré-candidatura em apoio ao nome do PT na cidade, deputado estadual João Paulo Rillo.

Já o deputado estadual e presidente do Diretório Nacional, Rui Falcão, reforçou a importância da atividade para mobilização e organização do PT. “Essa atividade é importante porque permite uinificar os discurso do PT em todo o Estado de São Paulo”. O parlamentar disse ainda que o encontro de hoje tem a prerrogativa de “defender o projeto nacional” e viabilizar no Estado, as melhorias proporcionadas pelo Governo Federal.

Confira os principais trechos da mesa de abertura:

Edinho Silva – deputado e presidente do PT-SP
Estamos em um dos melhores momentos DO Partido no país, a aprovação de Dilma bateu os recordes até de Lula. O cenário politico mostra exitos do governo Lula, que hoje é uma das lideranças com maior possibilidade de influência no país, na América Latina e pelo mundo. O PT tem a melhor imagem de toda sua histório, e esse é o momento de consolidarmos nosso projeto no Estado de São Paulo. Se o Brasil inspira países em todo o mundo, temos que criar condições de implementar os nossos projetos em São Paulo. Não é só debater os problemas, mas confrontar nossos projetos no debate por todo o Estado.

Se sairmos daqui hoje com uma leitura mais aprimorada, não tenho nenhuma dúvida, com trabalho que estamos fazendo, que terminamos exito. Começamos o processo de organização das eleições fortalecendo as macros e hoje o PT está criado em 641 municipios do Estado, só quatro cidades não tem o PT organizado, mas até o final do ano serão 645 municípios organizados.

Se temos clareza do projeto que apresentamos, o projeto da presidenta Dilma, e também da força do governo Lula, tenho certeza que vamos construir o cenário apropriado para que o Estado mude seu discurso.

Se trabalharmos bem em 2012, vamos construir as condições de ganhar o governo de São Paulo em 2014.

Chico Brito - prefeito de Embu das Artes
Esse é um espaço importante de partilhar experiências. Parece chavão, mas temos que confirmar esse nosso modo de governar. Desde que assumimos a Prefeitura de Embu – em 2001 com o Geraldo Cruz - criamos cinco diretrizes: gestão democratica; cidade bonita, organizada e segura; adminitração participativa; inclusao social e desenvolvimento sustentável. Não é o poder pelo poder, é o poder para transforma a vida das pessoas.

Esse encontro, para o representante da cidade tem outro significado, porque foi no governo das cidades pequenas que gestamos o modo petista de governar. Porque é na cidade que a disputa acontece, que o poder econômico está presente, que a gente faz a disputa cotidiana. E sabemos a importância disso.

João Paulo – deputado federal e pré-candidato a prefeito de Osasco
A eleição municipal inside pouco no eleitorado, mas claro é um evento importante e deve ser levado em consideração. É um cenário que tem reflexo na nossa cidade. Cada um aqui precisa entender sua cidade, as demandas, necessidades e desafios. Para fazer isso temos diversas ferramentas.

Se pegar qualquer cidade como exemplo, temos políticas para utilizar nas nossas campanhas, para reafirma nossas políticas. É importante que nossas campanhas e governos sejam apenas olhando do ponto de vista administrativo. Nós mudamos a cidade para mudar o Estado e o país, e mudamos o Estado para mudar os cidadãos. Nao queremos ter política que não resultem em um novo homem, uma sociedade que apresente igualdade e forte fraternidade.

Estamos saturados do PSDB no nosso estado e vamos eleger muitos prefeitos, vices e vereadores para mudar esse cenário, nosso Estado e o homem.

Alencar Santana – deputado estadual e líder bancadado PT na Alesp
Se em 2008 avançamos no número de prefreituras e vereadores, em um momento em que já tinhamos nossa história, com a força de Lula, agora temos também a força da companheira Dilma. Podemos fazer muito mais.

O PT, onde governa, deixa marca. Temos marcas municipais e nacionais. Com seus projetos sociais, com as iniciativas que influenciam na vida das pessoas, enfim, mas o que temos para falar do governo do Estado?

Já falei com o companheiro Edinho Silva e vamos fazer reuniões com as macros, fazer o debate político local, para também fazer o debate no Estado. Simãoe [Pedro] e Enio [Tatto] já estão cientes e logo esse calendário será passado às macros. Desejo garra, disposição e vontade, além de ter a certeza de um projeto melhor. Vamos promover esse debate e colocar o governo do Estado, em 2014, no mesmo rumo do governo deferal.

Vilson Augusto de Oiiveira – secretário nacional de Assuntos Institucionais
Essa é a primeira atividade da qual participo como membro da Executiva Nacional do PT em São Paulo.

Vamos ajudar a fortalecer os estados, não só nesse processo eleitoral, mas para consolidar o projeto do Particdo como um todo.
Essa atividade é de fundamental importância. Aproveito a oportunidade para destacar o bom trabalho com a Revista Linha Direta, que promovou uma edição especial para o Encontro, e também a Secretaria Estadual de Comunicação, na pessoa do companheiro Cidão [Aparecido Luiz], pela mobilização e organização da atividade.

Professora Marcia – vice-prefeita de Taboão da Serra
A mobilização e a organização do PT, Estadual e Municipal, é fundamental, mas não podemos deixar de estudar as cidades, para saber como esse processo está se dando em todo o Estado. O GTE está fazendo isso.

Sou um entusiasta nata, esse é meu maior defeito e minha maior qualidade, mas essa semana, quando a presidenta Dilma fez o enfrentamento das taxas de juros, aos bancos, tive muito orgulho de ser militante petista. Temos certeza que através da nossa prática, da nossa miltância e nosso debate, estamos transformando a sociedade brasileira. Não tenho dúvida que estamos contruindo as bases para governarmos na cidade de São Paulo, mas a tarefa do PT só estará completa quando governarmos esse Estado.

Antonio Donato – vereador e presidente do Diretório Municipal do PT
São Paulo quer mudança, o PT está unido em torno da candidatura de [Fernando] Haddad, estamos construindo um grande programa de governo. O Alencar [Santano] disse que a oposição reconheceu a qulidade do nosso pré-candidato e escolheu seu melhor jogador para disputar conosco, mas esse é um bom jogador à beira da aposentadoria.

Rui Falcão – deputado estadual e presidente do Diretório Nacional do PT
Quero acentuar os pontos da conjuntura nacional – temos que ter referência do projeto nacional. Onde tem TV e rádio podemos mostrar Lula e Dilma, podemos bater no peito e nos orgulharmos de falar do Brasil de hoje em relação ao Brasil de nove anos atrás, que distribui renda, que é o único país do mundo que distribui mais PIB entre os mais pobres e não entre os mais ricos, onde a população mais gerou emprego nos últimos anos - somos recordista mundial.

O governo tem compromisso com o povo e tem peito para enfrentar os grandes conglomerados. Nosso segundo embate é o debate do marco regulatório da comunicação.

A campanha tem que ser quente, temos que trabalhar todos assuntos, ir a fundo na CPI [Cachoeira].
Temos que reconquistar as cidades que perdemos e avançar em cidades estratégicas. Na última eleição tivemos um crescimento de 34% - nessa eleição queremos manter o maior número possível desse total.

Vamos ter um grande crescimento nacional porque a população está se identificando com esse projetos, temos que saber propagar isso nas eleições.




Diretório Estadual de São Paulo do Partido dos Trabalhadores
Rua Abolição, 297, Bela Vista - 01319-010 - São Paulo - SP
Telefone (11) 2103-1313

Licença Creative Commons Esta obra foi licenciado sob CC-Attribution 3.0 Brazil.
Exceto especificado em contrário e conteúdos replicados.